Video amador fora do normal gostosa rabuda metendo gostoso na buceta dessa rabuda bem deliciosa enquanto tarado grava puteiro em joÃo pessoa paraÍba

1 min 9 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

1 min 9 seg

Categoria:

Tag:

Video amador fora do normal gostosa rabuda metendo gostoso na buceta dessa rabuda bem deliciosa enquanto tarado grava puteiro em joÃo pessoa paraÍba

Video amador fora do normal gostosa rabuda metendo gostoso na buceta dessa rabuda bem deliciosa enquanto tarado grava puteiro em joÃo pessoa paraÍba

A Marlene, esposa do Rafael, dono da festa, havia se mostrado ser uma pessoa alegre e envolvente. Meu tio tarado disse não vou nem pra fazenda amanhã vou direto pra cabaninha lhe espero lá, ou velho babão, tuudo acertado de manhã papai saiu umas 6:00 hs 6:30 a putinha dele eu e os irmãos pro colégio 7:00 dei um nó de dor de bariga deixei eles irem na frente e poquei pra cabaninha, ela por um caminho eu pelo outro mais demorado no caminho encontro um peão da fazenda indo trabalhar, perguntou: vai onde viado uma hora dessa? só pode ser dar o cu.

Sabrina levou os dedos à boca, os cheirou, os lambeu e disse que ela era deliciosa. a gente sabe que vc vai voltar putinha rabuda, e me comeram quase que diariamente por uns 40 dias….

No início da noite,resolvi sair e,como fazia calor,vesti uma camiseta,bermuda de sarja e chinelos pois gosto de sair bem a vontade,fui até um puteiro,logo apareceu uma linda morena,cabelos lisos pretos,1,70 cm mais ou menos,seios e bundas redondinhas,cintura fina,corpo perfeito,aparentava ter uns 23 anos,me aproximei e ela logo perguntou:E ai gato,vamos nos divertir juntos?.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. a gente sabe que vc vai voltar putinha rabuda, e me comeram quase que diariamente por uns 40 dias…. Tadeu me conduzia e sentindo que eu colaborava, em alguns momentos quando estávamos de costas para a Sandra ele aproveitava para descer a mão até a minha bunda, diga-se de passagem, uma bunda enorme e gostosa, como meu próprio marido dizia, e ali ficava me alisando gostosamente. "Meu nome é Bruno tenho 45 anos hoje mas esse relato aconteceu quando tinha 43 anos , eu sempre gostei de teclar nas salas de bate papo quando tenho um tempo livre e por minha sorte nesse dia tive uma supresa daquelas pois já tinha conhecido várias mulheres na net mas essa foi especial pois meu nick sempre era pago gatas e entrei na sala de minha cidade mesmo já que sou do interior de SP uma cidade relativamente grande do vale do Paraíba ,mas vamos falar como tudo aconteceu kkk assim que entro na sala uma mulher já me manda uma mensagem boa tarde vc paga quanto eu mais que depressa respondo depende pois se for gata mesmo posso pagar até 300 ,pergunto a idade dela ela me diz tem 20 e eu já digo logo tenho mais que o dobro de sua idade e para minha surpresa ela diz que preferia assim mesmo que sempre foi umas de suas fantasias sair com homens mais velhos ,bom eu já fiquei com pé atrás pois era muito para ser verdade mas continuei falo para ela se descrever para mim , ela de imediato se descreve tenho 1.

Ouvimos o áudio que havia gravado na academia, foi simplesmente demais; ele ficou satisfeito em me ver toda faceira por ter liberado esse fogo todo que eu sinto!! Com o pau enorme dele eu pude ficar 100% satisfeita, prontinha para começar a sexta feira. bom galera agr pra cortar um pouco o clima de incesto e tals quero falar sobre minha namorada a mesma do conto da suruba primeiramente quero dizer que a amo muito e que quero passar o resto da minha vida com ela a gente se conheceu no nono ano ela era aluna nova muito bonita morena olhos castanhos peitos médios pra idade que balançavam quando ela corria mas eu nunca tinha conseguido reparar na bunda dela pois ela sempre estava com um casaco na cintura tampando então nunca tinha conseguido reparar nos éramos relativamente amigos sempre conversávamos e tals mas um dia teve um trabalho na escola e ela teve que vestir uma roupa que não era da escola e ela colocou uma blusa xadrez e uma calça branca rapaz a bunda dela era gigante na hora fiquei muito excitado mas n fiz nada pq calça branca aumenta o quadril então fiquei normal quando ela voltou do banheiro com a calça da escola vi que era grande mesmo e fiquei ainda mais excitado mas logo depois ela colocou o casaco da cintura teve gente q falou com ela sobre isso aparente não era so eu que tinha prestado atenção uns dias depois rolou uma chuva mt forte eu já tinha ido pra aula e ela tb mas a escola tava vazia nos perguntamos pro porteiro se ia ter aula e ele falou que não nem os professores tinham vindo mas como a chuva tava muito forte não dava pra voltar pra casa então estávamos so eu e ela na sala e começamos a puxar um papo nos conversamos por muito tempo ate que ela falou de praia ai eu perguntei se ela costumava usar biquíni na praia ela falou q usava mas q tinha vergonha pois a bunda dela era muito grande eu falei pra ela que não tinha que ter vergonha muitas garotas queriam ter uma bunda daquelas ela riu e tirou o casaco da cintura virou de costas pra mim e me perguntou se eu não achava mt grande eu tava me segurando pra não pegar na bunda dela mas não peguei falei pra ela que a bunda dela era do tamanho muito bom nisso ela sentou na minha perna o que me deixou muito excitado aquela bunda na minha perna era a melhor coisa do mundo conversamos bastante com ela ali eu não prestava atenção apenas no corpo dela mas também no rosto sabe ele era tao linda e maravilhosa eu queria muito beijar ela mas não podia então em uma hora da conversa eu falei quem for seu seu namorado deve ter muita sorte de ter uma namorada com um bundao desses ela falou que não tinha namorado então mas queria ter eu perguntei que tal arranjar um agora então eu beijei ela foi com certeza o melhor beijo da minha vida ate aquele momento ela beijava tao bem era tudo tao bom ela ficou em cima de mim enquanto eu pegava na bunda dela e ela me beijava então desci um pouco sua calça e ela me perguntou se eu realmente queria fazer aquilo ali disse q faria aquilo com ela em qualquer lugar ela riu eu beijei sua nuca os cabelos longos e enrolados dela me deixavam tao excitado eu amava demais aquele momento então eu tirei a calcinha dela e peguei naquela bunda enorme era tao maravilhoso então ela me disse para tomar cuidado por que era a primeira vez dela eu disse que teria sim então ela teve que levantar pra eu tirar a calça quando vi aquela bunda enorme e deliciosa sem nada comecei a chupar ela se contorcia todinha eu não podia dizer quem estava gostando mais eu ou ela ainda estava com a blusa da escola eu peguei nos peitos dela e tirei seu sutiã ao mesmo tempo que chupava aquela bunda maravilhosa então ela teve um gozo anal nunca tinha visto uma garota ter um gozo anal antes dela então aproveitei e chupei o cu dela todinho depois coloquei ela de frente pra mim e chupe os peitos dela enquanto roçava meu pau na bunda dela então eu enfiei bem devagar na xana dela mas depois de um tempo começamos a foder sem limites ela gemia alto provavelmente o porteiro ouviu quando terminamos nem colocamos as roupas ficamos os dois pelados conversando e de vez enquanto nos beijávamos depois quando nossos pais chegaram e nos nos vestimos eu dei um selinho nela e fomos embora depois daquele dia viramos namorados e ate hj estou com ela e eu tb nunca a trai…Fim.

Ela levantou o ventre para me permitir encaixar e sentiu de perto a boca feminina, que está a posicionada bem perto já que a moça estava de quatro sendo possuída por seu esposo, enquanto eu possuía ela, e elas se beijavam.

Minha esposa foi levar a toalha e viu o garoto de pau duríssimo, que saiu do banho a alizou inteira, chupou seus seios minha puta ficou foida, deitou de bruços e seu cliente a penetrou por trás com forca, alargando sua buceta a safada rebolou gritou e gozou no pau de seu menino/cliente. Rapidinho saquei a camisinha e jorrei porra no rabinho arrombado dela, gozei bem gostoso e ela adorou sentir o esperma quentinho encima da pele…Nos beijamos e acariciamos por mais alguns minutos até ela me convidar pra irmos tomar um banho. "Esta é a continuação do conto Meu sobrinho tarado, você pode procurar pela primeira parte do conto aqui no site, ou ouvir diretamente no nosso canal.

Falou pra todos¬:- Agora vou foder o cú do Gérson,vejam!Foi quando o Ferreira deu o creme pra ele passar no meu cú;passou ,meteu um dedo e gemi e foi metendo enquanto o Anderson se aproximou de mim e me deu um beijo de boca abafando meu grito.

"Eu fudi minha professora nas férias, ela é uma cora de 40 com tudo em cima e ainda casada com um cara muito chato, eu estava na casa dela para ajeitar o computador da filha dela já eram 15:40 e seu marido estava no trabalho e a filha estava na casa de uma amiga , lá estava eu ajeitando e minha prof vem me oferecer um lanche, ela estava linda de shortinho curto e uma camiseta folgada e dava pra ver que estava sem sutiã, eu prontamente aceite imaginando em lancha-la e fomos para a cozinha onde ela fez um sanduiche e suco para mim, eu não tirava os olhos de sua bunda e quando ela virou que me viu paralisado olha sua linda bunda soltou um sorriso e disse que eu estava muito quieto e eu disse a ela que estava com vergonha pois estava achando estranho e ela veio se aproximando e olhou bem dentro dos meus olhos, eu tomei coragem e a beijei ela retribuiu então percebi que era hora de atacar então levei ela para o quarto e meti na buceta gostosa dela ela gemia feito uma loucaÀs vezes, ele passava alguns dias na minha casa, às vezes eu passava alguns dias na casa dos meus tios, e a programação era sempre a mesma: jogar bola, brincar, jogar videogame, uma eventual praia ou clube, e essa era mais uma dessas visitas. Desisti ao ver um cara muito afeminado na entrada, mas quando retornava à estação de metrô percebi um cinemnha menor mais escondidinho chamado Dom João e resolvi me aventurar lá.