Morena Casada Gostosa Dando Para O Primo E Deixando Ele Gozar Dentro Completo No Red

Morena Casada Gostosa Dando Para O Primo E Deixando Ele Gozar Dentro Completo No Red

Morena Casada Gostosa Dando Para O Primo E Deixando Ele Gozar Dentro Completo No Red

Hoje a gente ainda conversa, pretendemos repetir a dose, afinal de contas quando a sintonia na transa é boa, não importa quando nem onde, as duas vão gozar gostoso.

"como relatei aqui pra vocês no primeiro conto, eu fodi minha chefe;-Depois de um banho maravilhoso conversamos um pouco e ela me elogiava muito dizia que jamais acha que eu iria faze ela se achar mulher de novo, eu também a elogiei bastante e fiz algumas caricias nela que logo despertou meu pau deixando ele durinho, ela falou que queria da pra mim mais uma vez eu apena a deitei na cama e já comei a chupa-la que delicia aquela buceta bem raspadinha pequenininha,lábia, enfiava um dedo depois enfiei dois ela gemia feita uma louca, depois diz um 6X9 ela mamando meu cacete e eu aproveitei pra dar umas dedadinha naquele cuzinho, ela não reclamou e eu pensei agora vou concretizar meu sonho vou comer esse cuzinho que parece que nunca foi fudido, mais uma vez a coloquei de quatro e comecei a bobar naquela buceta, dessa vez eu a xingava de vadia gostosa, putinha, safada, depois de muito xingamento e tapas naquele rabo, eu com o pau dentro dela fui no ouvido dela e falei sabe o que eu quero agora chefinha?-ela falou pede meu safado, hoje eu sou sua seu filha da puta, o que você, fala?-eu falei eu quero foder seu cuzinho quero ele pra mim!-ele falou come seu cachorro, eu adoro da ele, aquele corno do meu marido não gosta de foder ele…– eu sem pestanejar dei uma cuspida na entrada do cuzinho dela, e continuei metendo o pau na buceta dela, ela rebolava muito e gritava fode tarado, come sua chefinha come, eu sei que você sempre quis me comer, sua cara não nega, eu falei sempre mesmo, e dai tirei o pau da buceta dela e coloquei na entrada do cuzinho dela, ela se ajeitou melhor e foi se curvando pra traz, ela mesma fez questão de deixa o pau entrar devagar nela, e me perguntado se eu estava gostando eu apenas gemia e fala safada, cachorra, quando entrou tudo eu comecei a bombar forte, ela falou vai seu safado filha da puta eu vou goza vai, mete, come, vai, arregaça tudo, sentir ele tremer, foi quando ela falou gozei… dei mais uns tapas naquela bunda e socava forte já não aguentava mais e queria gozar dai não aquentei e acelerei as estocada quando apertei aquela bunda bem forte e explodi todo gozo dentro daquele cuzinho…foi maravilhoso comer minha chefe, não estou na mesma sessão que ela mas direto saímos pra almoça e dar umas trepada, já tem 4 meses que como ela e ela sempre maravilhosa, disse pra mim que ate o casamento dela melhorou depois que começamos a sair r o que mais admiro nela é que ela é do tipo de mulher que é uma dama na sociedade e uma verdadeira puta na cama!!!"Ela parou de exitar e voltou a ficar de 4 abrindo a bunda -Entao coloquei a rola novamente no seu cu e começei a ir e vir naquele cu novamente"Eu: vai devagar…Daniel: ok, só dessa vez"Marcela, Marlene e Marta, trancadas no seu cativeiro, presas com correntes à cama, há cinco dias, sem sofrerem novas agressões, davam graças ao Senhor, mas por outro lado, estavam sem se alimentar todo este tempo. No próximo dia 20 completo quatro meses de gestação.

Logo Andressa ficou tonta e com sono e resolvel deitar no meu colo, July logo depois também se recostou na minha outra perna, então eu fiquei só observando o corpinho daquelas santinhas embebedadas e fiquei maluco imaginando mil e uma travessuras, meu pau tava quase expodindo dentro da calça quando começou a roçar na cabeça de July, tive que me ajeitar para evitar confusão, mas então logo depois que eu me ajeitei, Andressa virou de bruços fazendo seu vestido subir sem querer, então pude ver parte de sua calcinha envolvendo aquela bundinha deliciosa e se encravando bem no meio.

O sofá onde ele estava sentado fica bem de frente a escada, então quando eu tava descendo ele me olhou de cima a baixo como se fosse me devorou, eu paralisei com aquele olhar não sabia se voltada pro quarto ou se ia pra cozinha, como eu já tava ali no meio da escada decidi descer e ir ate cozinha, cheguei na cozinha peguei a agua e ofereci pra ele, ele se levantou do sofá chegou bem perto de mim e falou: não quero agua quero outra coisa, quando ele falou isso fiquei toda arrepiada e com o coração acelerado, então perguntei: o que vc quer? Então ele envolveu o braço na minha cintura e me puxou deixando o meu corpo colado nele, colocou a outra mão na minha nuca e falou olhando nos meu olhos: eu quero vc delicia.

disse que era casada e tinha dois filhos. Ficamos um tempo nadando, tirando o calor e eu me refrescando em dobro kkk, e então resolvemos beber umas cervejas, ficamos conversando, dando risada, minha mãe e minha tia foram para beira da piscina conversar conosco, ficamos até 14h da tarde na beira da piscina, tomando cerveja, caipiras, nos divertindo. ” , já num tom mais malicioso perguntei “O que é que vocês tão fazendo aqui?” e elas sem tirar o olho do meu pau gaguejaram “A gente queria dormir junto com você primo”. "Olá, meu nome é Rafael, moro no Rio de Janeiro e tenho 20 anos, moro aqui desde criança e com 18 anos comecei a namorar com uma menina chamada Paola, ela tinha 18 anos, morena clara, Cabelos longos até a cintura, peitos grandes, magrinha e uma bundinha empinadinha, Eu era louco pra comer ela, mas ela era virgem, ela me enviava fotos de calcinha, dos peitos dela, e só Estigava, eu não me contentava dela ao menos não pagar um boquete pra mim, ela tinha muito medo, pois usava aparelho, tinha medo de machucar, e só fica a dando beijos no meu pau.