Foda amadora safada muito safadinha comendo a safada tio safado no rio de janeiro

Foda amadora safada muito safadinha comendo a safada tio safado no rio de janeiro

Foda amadora safada muito safadinha comendo a safada tio safado no rio de janeiro

"Depois da primeira transa ela se mostrou mais safadinha quando vinha para a consulta, quando estava vazio eu comia ela ali mesmo na maca, fechava o Box para o caso de alguém entrar, e comia ela bem gostoso, mas não socava com muita força pq já conheciaos gemidos dela, eu abria o jaleco colocava a rola para fora baixava a calça dela e colocava ela de quadro e fodia ela assim, as vezes quando estava cheio era só um boquete enquanto ela fazia o aparelho para tirar a dor nas costas, mas um dia foi muito louco, o consultório estava lotado, só um Box vago, e ela chega com o marido, me apresenta ele e ele sai para ficar aguardando ela fazer a fisioterapia, como sempre ponhoela no Box, fecho a porta, e assim que fecho ela me puxa me da um beijo e diz baixinho no meu ouvido, hoje quero que me coma com ele la fora, meu pau subiu na hora, mas falei que não dava estava muito cheio alguém ia ouvir, mas ela já tinha aberto meu jaleco e estava abrindo o zíper da minha calça, colocou meu pau para fora e chupou, ai toda razão já tinha sumido da minha mente, segurei ela pelo cabelo e fodi sua boca com meu pau, ela chupava como uma ninfomaníaca, e eu segurando para não gemer, ela parou de chupar levantou e tirou sua calça toda ficando so de calcinha e a camisa que estava, sentou na maca chegou a calcinha para o lado e me olhou, ela não precisou falar nada, passei a cabeça da minha rola no seu grelo, ela se estremeceu, falei no seu ouvido que ela não podia gemer, ela concordou com a cabeça e então eu meti nela, fui entrando bem devagar, sentindo sua boceta quente e melada de tesão, fui metendo mais forte e elame olhava com uma cara de devassa que minha vontade ela socar como um animal mas não podia, então segurei ela como frango assado e meti bem fundo nela, sempre olhandopara ela, fui socando mais forte, ela começou a revirar os olhos, quando senti que ela ia gozar, segurei ela pelos cabelos e dei um beijo nela para abafar qualquer gemido, senti seu corpo estremecer de com o gozo dela, e seus pelos arrepiarem, como sempre isso em deixa doido então soquei com mais força ela falou que queria o leite todo na sua boca, então tirei ela da maca, ela se ajoelhou com aquele olhar implorando por leite, gozei sua boca todinha, ela buscava minha porra com a língua depois de lamber minha porra toda ela engoliu tudo. Chegando em casa ela foi tomar um banho e falei pro meu namorado que ia comprar algo pra almoçar , sabendo o namorado safado que tenho ele obviamente ia dar uma espiada na minha amiga.

Eu também não fui fácil ficava rebolando no pau dele pra ficar com muito tesão.

SAimos dali e fomos direto pra um motel, entramos ao dwescer do carro comecei a beijar ela bem gostoso, entramos no quarto, eu beijando ela gostoso moredendo o pescoço ela começou a gemer gostoso, e a dizer que estava carente que o marido nao estva comendo ela direito, que o casamento nao estava bom, e eu beijando gostoso, mordendo, fui tirando a blusinha dela beijando os peitinhos, chupando eles todinhs bem gostoso, passei a mao na bucetinha por cima da calcinha e percebi que estava molhadinha, tirei a calcinha deitei ela na cama e cai de boca na bucetinha toda depiladinha, nossa ela se contorcia todinha, gemia gostoso ficava maluca, eu tirei a calça e fiquei so de cueca ela passando a mao no volume ficou maluca e falou nossa que rola grande, puxou ela pra fora, olhou e nao acreditou quando viu a rolona saltando pra fora, grande e grossa 19 cm de pica todinha ali na frente dela, ela começou a chupar, parecia que nao via uma rola a muito tempo, eu fiquei maluco com a boca dela na rola mamando gostoso, nossa que boca gostosa aquela, puxei ela pra cima deitei ela novamente beijei carinhosamente a boca dela, passei a mao na bucetinha, ela me olhou com carinha de tesao, carinha de quem esta dizendo me fode bem gostoso meu macho gostoso, eu olhei bem dentro dos olhos dela, e passei a rola na entradinha da bucetinha dela, ela deu um suspiro, um gemidinho gostoso me olhando nos olhos ainda, eu empurrei a cabecinha da rola, que entrou gostoso, parei e deixei ali na entradinha, ela quase chorando de tesao, me olhada e me chamava de gostoso, falava que pica gostosa, eu fui empurrando devagar até entrar todinha dentro, e parei um pouco, deixei ele la dentro e fiquei sentindo aquela bucetinha engolindo a pica todinha, olhei nos olhos dela e chamei ela de gostosa, dai passei a movimentar a rola dentro num vai e vem devagar, bem compassado pra ela sentir cada pedacinho da rola dentro dela, ela gemia gostoso, ficava maluca, começou a gemer alto, nao aguentei e mandei rola com força nela, bombava gostoso, ela urrava gostoso na rola, eu bombava cada vez mais forte, ela começou a gritar e a gosar gostoso na pica que gosada gostosa ela deu, eu dei uma diminuida mas mantive a rola dentro dela, deixei ela relaxar e voltei a movimentar bem devagar, e devagar fui metendo gostoso, e metendo, ela começou a gemer novamente na rola, e eu fui metendo e metendo ela louca de tesao começiou a gosar novamente, gousava igual uma louca na rola, a porra dela escorria e minha pica estava toda melada de goso dela, dai nao aguentei mais olhando aquela bucetinha toda melada e gosada, minha pica toda gosada do goso dela e minha pica inchou dentro dela e gosei gostoso, enchi a bucetinha dela de porra. A data da viagem e todo o resto já estava preparado e como de costume, mas ele não tinha um lugar para ficar após o término e combinamos dele ficar na minha casa, já que minha mãe iria viajar com o noivo e só voltar dia 4 de janeiro. Bolamos, um plano de viajar, ela por ser nova ainda, os pais não deixavam viajar só,  então convenci meus tios há deixarem ela ir comigo a casa de uns parentes bem distantes,  Isso me daria muito tempo para ficar com ela, no carro logo quando entrarmos,  ela me falou que estava com calor e iria somente de calcinha, e sutiã (ela é muito safada, adora me provocar ), estava cheio de tesão ao ver minha priminha, seminua ao meu lado,  eu dirigido ela me surpreende,  ao falar que estava louca pra me chupar%,  ela logo tirou meu cinto e abriu meu shorts e começou a me chupar,  enquanto eu dirigia, não aguentei e tive de parar o carro numa estrada de ferro,  desativada,  estava louco pra sentir a buceta dela no meu pau, comecei a chupar os peitos dela, e logo mandei ela sentar, do jeito que eu havia ensinado, ela sentava e chupava meu pescoço de uma forma louca,e gemia muito, após alguns minutos ela gozou,  e pediu pra eu segurar, pois era queira engolir tudinho,  fiz a vontade dela, coloquei ela de 4 no banco de trás e comecei a estocar com muita força,  anunciei que iria gozar então ela veio com a boquinha toda rosadinha e começou a chupar até eu gozar nas últimas,  ela engoliu tudo, depois disso colocamos a roupa, e seguimos viagem até a casa dos nossos parentes.

com– Era isso que vc queria né vagabunda, minha aluna safada, rebola gostoso vai.