Filmou tudo gostosa super gostosa comendo a gostosa para padrasto tarado da zona sul de são paulo

18 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

18 seg

Categoria:

Tag:

Filmou tudo gostosa super gostosa comendo a gostosa para padrasto tarado da zona sul de são paulo

Filmou tudo gostosa super gostosa comendo a gostosa para padrasto tarado da zona sul de são paulo

Mas o resto fica para o próximo conto, se desejarem saber como ele comeu meu rabinho, deixem comentários, não se esqueçam de nos visitar e ouvir a versão em áudio deste conto, esperamos vocês!Meu nome eh luana e tenho 18 anos, porem possuo um corpo bem desenvolvido e sou sempre alvo de abusos, seja olhar maliciosos ou algo mais, como foi o caso de hj, sou morena, cabelo castanho clara e cacheadinho, do ql me orgulho mt, e sou um pouco mais alta q a media, embora faça tempo q n me meco, bundao e peito medio, enfim, tava voltando da escola, c um amigo colorido meu, e sentamos no banco da praca, dava uns bj, ele tentava passar a mao em mim, mas eu cortei logo pq tenho vergonha dessas coisas em publico, e falei pra ele marcar um cineminha, papo vai papo vem, a hora voou e eu estava mt atrasada (tenho pais ciumentos demais) se chegasse tarde em casa ia foder mt, entao corri e peguei van msm (q tava mais lotada porem vai mais rapido, e o onibus ia demorar pra sair ainda), entrei na van e um cara um pouco mais alto q eu de regata cinza, subiu logo em seguida, como tava lotada e nao dava pra chegar pro lado tive q ficar na frente dle, eu costumo tirar o jeans da escola e botar uma calca legging qnd vo embora,me sinto mais gostosa e mais confortavel c ela, e acho q o cara q vou chamar de rodrigo (nao sei o dle) deve ter se sentido atraido por isso, e comecou o roça roça, como ja tava acostumada, nem liguei, n sou do tipo barrequeira, e percebi q ele tava ficando de pau duro, ate ai normal, soh q ele se sentiu encorajado por eu n expressar reacao e abaixou minha calca na altura da coxa, nem acretei, sera q ele tava pensando em me comer, ali? Na frente de todo mundo? Foi ai q expressei alguma reacao, de espanto, e ele c uma voz pra la de sedutora disse no meu ouvido “Sei q vc ta gostando, vai dz q tu nao qr algo mais, tenho camisinha aqui se o privlema for esse, e se o problema for os outros, ngm repara todo mundo ta distraido c algo” sem mt opcao oq me reatou foi esperar pra ver, ele massageou minha bunda um pouco, ate q chegou na minha buceta, passou a mao pela minha cintura, e esfregava ela pela frente enquanto continuava a encoxar minha bunda, e foi nessa hr q ele botou o pau pra fora, e realmente tava c camisinha, entao eu deixei,ele se divertiu um pouco com a minha buceta, e pediu para q eu virasse de frente, pra ber meus peitos, fiquei c vergonha de olha olho no olho dle, mas virei, tava comecndo gostar da situacao, ele comecou a chupar meus peitos, dpois de abusarmos tanto, ao olhar em volta percebi q todos estava cientes do q tava rolando, e ai todos ficaram excitados, comecaram a se comer, tive minha primeira relacao lesbica e ai si feliz da van, c o contatos de todos pra um eventual encontro, brincadeirinha, meu ponto chegou bem na hr q eu senti outra rola me encoxando por tras enquanto rodrigo me comia pela frente, foi broxante, espero q vc tenha tido a msm reacao q eu c esse desfecho, foi um porre isso, cortar o tesao aff"___Nessa hora ele coloca as mão em minha coxa direita e sobe bem suavemente até a altura da minha virilha.

"meu nome é David, sou moreno cor de jambo, tenho 25 anos, não sou magro nem gordo tenho 1,80 de altura 80 quilos,tudo começo quando começou quando um dia minha chefe pediu pra que eu levasse ela no banco, pois o carro dela estava na oficina, no caminho ela recebeu uma ligação de seu marido, que pelo que deu pra entender ele a tratou mal, e pelo que parecia não tinha sido a primeira vez, depois que ela desligou ficou se lamentando dele, dizendo que ele merecia ser traído e mais umas coisa, dai pensei é a hora de atacar, pois sempre fui tarado nela, uma morena de 1,70 de altura peitos médios, bunda tamanho GG linda e uma bucetinha pequenininha e apertada…logo comecei a consolar minha chefe e percebi que ela estava decidida a ir fundo na traição, não me deixei perde tempo, mesmo dirigindo comecei a passar a mão na perna dela e consolando ela sempre me dizendo que eu era gentil e que eu deveria ser um ótimo homem, depois de muita conversa chegamos ao banco ela resolveu o problema e decidimos sair pra almoça, leve ela a um restaurante bacana, la conversamos e ela começou a se insinuar pra mim e perguntou se eu teria coragem de ficar com ela, eu disse que sim que ela era muito bonita nova charmosa, só restaurante sem muitas conversa ela já mandou eu ir pra um motel próximo disse que o marido iria ter o que ele queria, fiquei sem palavra e apena obedecia levei o carro ate um motel, ela já bem soltinha acariciava meu pau por fora da calça mesmo, quando entramos no motel ela me deu um beijo e disse que estava doida pra dá, disse que o marido dela não a comia ela e quando ele comia era só uma transa rápida, ela falou que queria um homem de verdade, e eu a mostrei que sou um homem de verdade, já fui abrindo o zíper da calça e ela se surpreendeu com o tamanho do cacete já duro ele mede 19 cm, ela falou nossa é o dobro do corno do meu marido, eu apenas sorrir e a puxei pra que ela a mamasse, e sem frescura ela caiu de boa nele, chupava deliciosamente, mas meu intuito era outro era aquele rabo delicioso, sem demoras coloquei-a de 4 e metir forte naquela boceta que era apertada ela gemia gostoso rebolava como se meu pau fosse o melhor, depois de uns minutos ela gritou mais rápido seu tarado, vai me fodeee porraaaa eu vou gozaaa, sentir que a buceta dela ficou mais lubrificada e mais quente, era o gozo da minha chefinha que delicia eu fiquei loco com aquela cena eu comendo aquela buceta olhando aquele cuzinho piscar pra mim não deu outra gozei dentro dela quando tirei o pau dela ela olhou e falou quero mais,vou contar no próximo pra não ficar cansativo, mas foi uma foda maravilhosa comer minha chefinha!!!"Sentados, saboreamos uma deliciosa cerveja.

Eu estava morrendo de fome e supercansado de mais uma manha na faculdade.

"Este fato aconteceu a alguns anos,eu na época tinha 18 anos e ela tinha 16,era feinha mas tinha um bundão grande e empinado,os seios duros as coxas grossas,de corpo a isabel era um espetáculo(vou chamá-la assim) ela sempre ia la em casa me procurando mas eu olhava pra ela e o pau não subia,até que um dia ela chegou la em casa dizendo que ia embora pra são paulo morar com a mãe e que nunca mais íamos nos ver,mas que ela era doida por mim essa coisas,eu comecei a olhar pras pernas dela,a bicha vestia um shortinho curtinho ligado,e uma tomara que caia,comecei a me animar com aquele corpão,mas logo minha mãe chegou,nós disfarçamos e ela foi embora mas fiquei com tesão nela,depois do almoço minha mãe voltou pro trabalho e eu fiquei sozinho em casa novamente,meia hora depois ela chegou mandei ela entrar passei o cadeado no portão e começamos a conversar na sala,fui me aproximando mais pra cima dela,e disse a ela que ela ia levar uma lembrança minha,comecei a beijá-la passar a mão nas coxas o pau começou a subir logo peguei a mão dela e coloquei nele,ela apertou e começou a me punhetar bem gostoso puxei a blusa dela colocando aquele peitinho duro pra fora comecei a chupar os bicos morder e ela gemendo bem gostoso apertando meu cacete,deitei ela no sofá e comecei a tirar o short dela que meia envergonhada mas liberou,deixei ela pelada e pude ver que era tudo grande e durinho,afastei as pernas dela me ajoelhei e comecei a lamber a bucetona lisinha dela ela apertava a almofada e gemia gostoso,fiquei em pé e coloquei meu cacete que estava durissimo cara a cara com ela,ela alisava e meio sem jeito beijou,segurei na cabecinha dela e fiz com que abocanhasse a vara ela fechou os olhos e mamou deliciosamente eu empurrava com mais força devez em quando encostava na garganta ela queria parar mas eu não deixei,apertava os peitos e socava toda a rola naquela boquinha quente,depois tirei e me posicionei pra enfiar nela que ficou tentando argumentar que tava com medo,que era virgem mas eu estava tarado e não tinha nada ali que me empedisse de meter a rola nela,comecei a beijala pedi pra relaxar que ia gostar,que ela dizia que me amava então tinha que ser o primeiro,e facilmente a bichinha liberou,comecei a empurrar o cacete na xotinha arrochadinha dela,quase não entrava mas com jeitinho consegui aos pouco fui colocando,e ela dava gritinhos mas eu empurrava até tirar aquele cabaço foi maravilhoso ver aquela morena gemendo e querendo chorar,soquei o cacete todinho nela e quando estava quase gozando tirei e gozei em cima daquela bucetona não aguentei dar outra mas fiquei com vontade,se eu soubesse tinha comido ela a mais tempo,no dia seguinte ela viajou e nunca mais eu a ví,soube que casou e que tem vontade de vir visitar a vó,tomara que venha e que esteja gostosa,eu casei mas continuo safadinho. Então falei para o meu padrasto entrar q ia ajeitar as coisas da minha mãe para ele levar. Um dia normal eu tinha deitado pra dormir na minha cama mais lá na madrugada eu ouço gemidos no quarto da minha mãe e vou olha o que ta acontecendo e sem perceber ficando com o pau duro quando cheguei no quarto da minha mãe meu pai está comendo ela eu não sabia o que eu fazia eu fiquei parado pararizado e sem querer comecei a bater uma punheta essa foi a melhor punheta da minha vidaEla baixou a cabeça e começou a beijar minha barriga, ela beijava e beijava a pele macia e lisa.

Aquela porra quentinha e gostosa encheu minha boca. gostosa, depois de alguns segundos, meu cunhado também gozou e encheu o meu cuzinho de porra e o que escorreu pra fora a minha irmã, aproveitou e engoliu tudo.